Artrocentese

06 jun 11

Algumas técnicas cirúrgicas foram propostas com o objetivo de “tratamento” das disfunções de ATM, entre elas a artrocentese, são realizadas sob anestesia geral. Esta técnica cirúrgica é menos invasiva. Atualmente pode, inclusive, ser realizada sob anestesia local e sedação em nível ambulatorial.

A finalidade desta técnica é lavar o espaço articular da ATM com soro fisiológico, para remoção de eventuais coágulos, tecidos necrosados e liberar o disco articular quando este encontra-se aderido à fossa mandibular. Num segundo momento aplica-se ácido hialurônico.
Este procedimento tem a vantagem de ser uma técnica cirúrgica de baixo custo quando comparada à técnicas convencionais, pouco risco de complicações quando efetuada sob protocolo correto e baixa morbidade.

As indicações para este procedimento cirúrgico são descritas na literatura como:

– Desarranjos internos da ATM
– Deslocamento anterior do disco( com ou sem redução)
– Limitação de abertura bucal de origem articular
Pode-se dizer que este tratamento é efetivo?
Em muitos pacientes é um “tratamento” importante. Se pensamos que o paciente melhora os movimentos e abertura bucal, ocorre uma diminuição do quadro álgico(de dor), em função da diminuição dos mediadores de dor local, a resposta é positiva. Contudo, é importante que se pense na etiologia dos desarranjos internos para o completo restabelecimento da função…

Tirar o paciente da dor é o mais importante nessa técnica!

A artrocentese consiste na irrigação da cavidade articular através de seringas inseridas no espaço articular superior